Imagem de 4 mãos juntando pedaços de um quebra-cabeça coloridos.

Entenda como a Economia das APIs tem possibilitado a integração entre serviços da web

Linha cinza de separação

Na era da tecnologia, muitos aspectos da vida cotidiana da sociedade têm sido transformados. A forma como nos comunicamos mudou, a forma como fazemos nossas compras, como consultamos um endereço, as nossas fontes de entretenimento e informação, até mesmo a forma como as nossas empresas têm feito negócios, tudo está evoluindo conforme a tecnologia também evolui. 

Mas não é somente o nosso estilo de vida que está sendo transformado, a nossa linguagem também tem recebido muitos termos, expressões e palavras novas em um ritmo tão rápido, que muitas vezes se torna difícil de acompanhar.

Se você é engajado com as novidades do mundo tecnológico, certamente já deve ter ouvido ou lido o termo "API", ou talvez tenha se deparado com a expressão "Economia das APIs". Mas afinal, você sabe o que é uma API? Sabe que elas fazem parte de sua vida diariamente? Então continue lendo para entender o que são e seu crescimento tem possibilitado a integração de diversos serviços na web.

O que é uma API?

De forma simplificada, API significa Application Programming Interface, ou, em português Interface de Programação de Aplicativos. Como o próprio termo já diz, API é um conjunto padronizado de programações que permitem a construção de aplicativos e que eles funcionem em uma interface "oculta", ou seja, é todo o sistema de programação que faz com que um aplicativo ou software funcione sem que o usuário perceba.

Essa interface permite a integração de um aplicativo com outras diversas aplicações pela web. Explicaremos melhor como a API permite que um aplicativo se integre com outros serviços da web no próximo tópico.

Como as APIs possibilitam a integração entre serviços da web?

A melhor forma de explicar como funciona a integração entre APIs é através de um exemplo prático. Um serviço que integra diversas outras aplicações que você usa em seu dia a dia é o Google Maps. O Google Maps possui uma tecnologia que permite que milhares de outras aplicações sejam integradas em seu sistema. Por exemplo, ao acessar um site imobiliário geralmente há a possibilidade de localizar os imóveis de seu interesse através de uma pequena janela do Google Maps.

Existem diversos jogos que utilizam a sua localização através do GPS e definem rotas e objetivos através do Google Maps. Nesse exemplo podemos perceber a integração de três aplicativos diferentes através das APIs: O jogo, o GPS e o Google Maps.

O que é Economia das APIs?

Hoje em dia podemos afirmar que o mundo não "gira" sem as APIs, tudo que você faz na internet e grande parte do que você faz fora dela, possui integração entre diversas APIs. Digamos que você queira comprar um objeto de decoração para a sala de sua casa, qual é a sua primeira ação? Buscar preços, modelos e possibilidades na internet.

A maioria dos sites de compras de grandes empresas atualmente oferece um sistema de comparação de preços de produtos, evitando que o usuário precise abrir diversos sites de lojas e tenha que ficar calculando um por um. Com apenas alguns cliques, o usuário tem acesso a todos os preços e modelos diferentes disponíveis do produto que ele deseja comprar. Isso acontece graças à integração de diversas APIs, aplicações de algoritmos que fazem buscas comparativas em outros sites, entre outras aplicações.

Como funciona a Economia das APIs?

Existem os fornecedores e os consumidores de APIs. Em outras palavras, oferta e demanda. Para que tudo seja possível é preciso que haja um mercado que forneça a construção dessas APIs, da mesma forma como é igualmente necessário que exista também uma demanda de consumidores desses serviços.

No caso, os consumidores de APIs são divididos em duas etapas:

  • Consumidores Primários;
  • Consumidores Finais.

Os consumidores primários podem ser as empresas ou empreendedores que necessitam de APIs para otimizar os seus serviços comerciais, seja o processo de compra em seu site, o atendimento ao cliente, até mesmo a geração de boletos e faturas, entre tantas outras funcionalidades. Os consumidores finais são os clientes dessas empresas que sempre serão o foco de todo o processo, e é claro, os mais beneficiados com a otimização das APIs.

Integração de APIs e a redução de custos e melhoria dos processos

Cada vez mais empresas têm adotado o conceito de integrar os seus serviços através de parcerias com o intuito de reduzir os seus custos e trazer melhorias na experiência do usuário. Um exemplo disso é como o Atende Simples integrou os seus serviços com a Iugu, automatizando o envio da 2ª via de boleto pelo telefone, sem precisar de um atendente. 

O resultado dessa parceria trouxe grandes melhorias e praticidade para os seus clientes, como redução de custo e maior praticidade para o consumidor final . 

Você pode conferir como um simples processo de integração de APIs é capaz de otimizar a produção de uma empresa e tornar os seus clientes muito mais satisfeitos, clicando aqui.

Imagem com logo do Atende Simples
Equipe Atende Simples

Atende Simples é uma solução de atendimento telefônico completa e flexível para aumentar as vendas e fidelizar os clientes. Pequenas e médias empresas passam a contar com números 0800 ou números nacionais e uma plataforma de gestão de chamadas integrada com os sistemas de marketing e atendimento, como Zendesk. Faça um teste grátis agora.

Site
Menu

Blog do Atende Simples 

Posts Relacionados:

Saiba o que é atendimento omni channelComo reduzir custos e aumentar a competitividade4 tendências do mercado de e-commerce